A SEMANA.

2 de dezembro de 2012

Chegamos ao último mês do ano de 2012, dezembro poderia ser para todos nós um mês de avaliações, fazermos um balanço do ano e claro festejar as conquistas com muita alegria. Já disse em outros comentários que infelizmente para mim particularmente 2012 não foi um ano bom, mais só tenho que agradecer a Deus esta com saúde, trabalhando e cheio de esperanças de que o próximo ano vai ser muito bom. Feito estas primeiras colocações vou tratar aqui de um assunto que não gostaria mais sou obrigado a fazer, dado a insistência de algumas pessoas que talvez sem maldade ou cheias delas busquem influenciar no nosso trabalho como jornalista. Aprendi ao longo destes 35 anos de profissão que a fonte é muito importante para o nosso trabalho sem ela com certeza uma grande parte das noticias que colocamos no jornal, neste blog ou na emissora de radio não teriam sido lidas ou ouvidas por você meu caro leitor. Agora tem pessoas como disse antes querem que a gente publique matérias que na verdade é do seu interesse pessoal para depois ser dos outros, e quando não colocamos com certeza devem ficar magoados e fazem o comentário que melhor lhe convier até taxando a gente de medroso, pelego e outros adjetivos. Quem mim conhece de perto sabe da minha posição o que penso das coisas e como mim posiciono, tenho horror de injustiças, o tempo ensinou a regra do jornalismo devemos ouvir as duas partes só quando não é possível ou uma das partes se nega a dar a informação. Tenho criticado algumas pessoas consideradas “importantes” que gostam de aproveitar do cargo que exerce ou exerceu para tirar proveitos em beneficio próprio, e olha que é gente mesmo “importante” porque assim quer a sociedade. Jequié é muito própria de receber pessoas que vem de outras paragens e por esta em determinado cargo todos tratam bem, ao ponto de bajular. Tratar bem é um dever de todos nós agora ficar puxando o saco é outra história. Se você observar bem quem hoje não gosta deste colunista são exatamente estas pessoas que gostam de ser paparicadas, aduladas e gostariam que aqui eu estivesse escrevendo elogios a elas. Podem ter certeza se merecer assim faço, caso contrario vão continuar recebendo as criticas. Tenham todos uma ótima semana e muita saúde…

Anúncios

CAMPANHA NATAL SEM FOME 2012.

2 de dezembro de 2012

Campanha Natal Sem Fome 2012 neste domingo (02.12.) visita os bairros de: Campo do America, São José, São Judas Tadeu, Mutirão e Parque das Algarobas. Faça sua doação um quilo de alimento não perecivel.

natal-sem-fome-2012

APOIOS:

Radio Povo

93-FM

Jequie FM

 

 


Azaléia desemprega 4 mil trabalhadores.

2 de dezembro de 2012

azaleiaTrabalhadores são os primeiros a sofrer com o fechamento das pequenas industrias. (Foto Produção)

A empresa de calçados Vulcabrás/Azaléia, com matriz na cidade de Itapetinga, no sudoeste baiano, fechou 12 plantas industriais de 10 filiais localizadas nos municípios de Caatiba, Firmino Alves, Itambé, Itapetinga (com exceção da matriz), Itororó e Macarani. Cerca de 4 mil empregados foram demitidos com a decisão anunciada na sexta-feira (30.11.). A empresa informou que foram feitos vários esforços na tentativa de preservar a competitividade, mesmo assim tem registrado sucessivos e elevados prejuízos financeiros em decorrência do aumento da competição, causado pela excessiva entrada de produtos importados a preços muito baixos, não compatíveis com a estrutura de custos da empresa em território baiano. “Por essa razão, a empresa está implementando uma complexa estratégia de reestruturação das operações industriais na Bahia. Esse processo implica na desativação das operações industriais das suas filiais neste estado, concentrando suas atividades na matriz em Itapetinga”, afirma a organização que diz respeitar integralmente os direitos legais dos funcionários e que se dispõe a negociar com o sindicato da categoria profissional a situação dos empregados afetados. Uma reunião com o Sindicato dos Trabalhadores de Calçados de Itapetinga e Região, delegacia do trabalho e representantes da empresa na segunda-feira (03.12.) deve debater um acordo e tentar reverter as demissões. Com informações do A Tarde.


21 de dezembro: O Mundo não vai acabar.

2 de dezembro de 2012

MundoPlaneta Terra vai continuar seu caminho no Sistema Solar. (Foto Divulgação)

Cinco cientistas da Agência Espacial Americana (Nasa) realizaram um debate na internet para responder às dúvidas do público sobre o dia 21 de dezembro de 2012, data que, segundo a profecia da antiga civilização maia, acabaria o mundo. Durante o encontro virtual, os especialistas da agência espacial rechaçaram teorias apocalípticas como a de que um planeta errante chamado Nibiru, ou Planeta X, chocaria-se com a Terra. “A verdade é que muitas pessoas estão verdadeiramente preocupadas e muitas delas escrevem sobre isso para a Nasa. Em particular, fico preocupado com os jovens que escrevem para mim e dizem estar apavorados, que não conseguem dormir, comer. Alguns deles contam que até consideram o suicídio. Acho uma maldade ficarem espalhando rumores pela internet para assustar crianças”, afirmou David Morrison, astrobiólogo do Centro de Pesquisas Ames da Nasa


Bahia nadou, nadou e chegou a praia…

2 de dezembro de 2012

torcida do BahiaTorcida do Bahia vai levar a sua força para o time dentro de campo. (Foto Produção)

Depois de sete anos na 2ª Divisão, e de uma volta traumática à 1ª Divisão em 2011, escapando do rebaixamento nas três últimas rodadas, o time do Bahia voltou a repetir erros do passado e adiou para a 38ª e última rodada da Série A, neste domingo, a definição da sua permanência na elite do futebol brasileiro em 2013. O time do técnico Jorginho enfrenta o Atlético Goianiense nesse domingo (2/12), às 16 horas (horário de Salvador, 17h de Brasília), precisando apenas do empate no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, para garantir seu lugar entre os 20 melhores clubes do País.O Bahia só deixa a Série A do Brasileiro se perder para o Atlético de Goiás e o Sport de Recife vencer o Náutico, no Estádio dos Aflitos. Nesta combinação de resultados, o time pernambucano se igualaria ao número de pontos do tricolor baiano, 44, e seria beneficiado no primeiro critério de desempate, número de vitória, 11 contra 10. A Portuguesa de Desportos joga contra a Ponte Preta, e se perder, em caso de empate do Bahia e triunfo do Sport, é quem cai para a Série em 2013.