Eleição na Câmara Municipal de Jequié.

2 de janeiro de 2013

Como já era esperado o vereador José Simões de Carvalho Júnior foi escolhido para presidir o legislativo municipal em Jequié no biênio 2013/2014. Nas negociações que foram feitas dias antes ficou definido que o PT, PDT e PSB que tem o maior número de vereadores eleitos iria apoiar Zé Simões junto com outros partidos com representação menores o que somou 15 votos. O vereador de primeiro mandato com muita coragem e determinação aceitou ser candidato Tinho de Waldeck obteve quatro votos. Zé Simões eleito presidente tendo como vice-presidente o vereador Josué Menezes, 1º secretário vereador Manoel Aragão e 2º secretário Beto de Lalá. Após a posse os vereadores iniciam o primeiro período legislativo dia 15 de fevereiro.

Programa Júnior Mascote.

Ouvintes no programa do repórter Júnior Mascote na manhã de quarta-feira (02.01.) teriam se manifestado contrario a eleição do vereador Zé Simões informando que ele não foi uma boa escolha por parte dos vereadores em virtude de irregularidades praticadas na sua gestão anterior foi citado inclusive sobre um cheque sem fundos no valor de R$ 5 mil reais assinado pelo vereador Zé Simões que neste mesmo programa teria dito que não tinha conhecimento deste cheque.

000_0026Deputado federal Roberto Britto, vereador Ednael Almeida, vereador Zé Simões-presidente e vereador João Cunha formaram a mesa dos trabalhos. (Foto Agência AM).

000_0002Público lotou as dependencias da Câmara Municipal de Jequié acompanhando a eleição dos membros da mesa Diretora. (Foto Agência AM).

Anúncios

FIM DE ANO: Vereadora Nara Rubia Pelegrine cumpriu seu papel.

31 de dezembro de 2012

Ao findar o ano de 2012 a vereadora Nara Rubia Pelegrine se despediu do seu segundo mandato como vereadora de Jequié. Ela que foi eleita pela primeira vez em 2004 na época junto com a vereadora Sonia Nonato as duas únicas mulheres no legislativo municipal. Em 2008 Nara Rubia foi reeleita e deu continuidade ao seu trabalho defendendo os interesses da população menos favorecida de Jequié, ela passou a ser a única mulher entre os 12 vereadores, tinha o respeito dos outros edis mais lutava quase que sozinha na busca da moralidade, respeito, transparência dos atos dos vereadores para ver o político valorizado e que a população pudesse acreditar. Foram várias as visitas ao Tribunal de Contas dos Municípios para ver de perto as contas do executivo, um dos papeis do vereador, encaminhou projetos de lei, requerimentos, ofícios, moções dentro do que esta previsto no regimento interno da Câmara Municipal de Jequié. Tem horas em que o eleitor acerta na escolha dos seus representantes promovendo mudanças e renovações, mais também tem horas em que o eleitor comete injustiças e uma delas foi com a vereadora Nara Rubia Pelegrine que merecia uma votação mais expressiva para ser reeleita e dar continuidade ao seu trabalho que era muito importante para a população pobre de Jequié.

naraVereadora Nara Rubia na última sessão na Câmara de Jequié um exemplo da mulher na politíca. (Foto Agência AM)


FIM DE ANO: Explicações politicas no fechar de 2012.

31 de dezembro de 2012

Nas emissoras de radio em Jequié as presenças dos politicos buscando explicar as medidas tomadas durante o ano e agora no fechamento de 2012. Na sua maioria vereadores reeleitos ou eleitos na última eleição de 7 de outubro, aproveitando o periodo para mostrar aos seus eleitores que já estão preocupados com o que pode ser o proxímo ano (2013). O vereador José Simões de Carvalho Júnior que esta no seu 6º mandato chega a dizer que: “não queria ser candidato a presidente da Câmara, mais fui convocado por ser mais experiente”. De certa forma esnobando de sua atual condição como candidato que já teria assegurado 15 votos dos 19 para se eleger presidente da Câmara Municipal de Jequié. Os 11 novos vereadores permanecem calados sem dar nenhuma opinião seguindo o que lhes foi passado por outros “macacos velhos” da politica. Nesta terça-feira (01.01.) vamos ficar sabendo o que vai acontecer.

vereadoresNeto da Água, Colorido, Chico de Alfredo e Dorival Júnior novos vereadores que precisam de “traquejo”. (Foto Agência AM)


PT promove coletiva com a imprensa para esclarecimentos.

27 de dezembro de 2012

Não foi uma reunião da executiva municipal do Partido dos Trabalhadores-PT de Jequié mais contou com as presenças do presidente do partido Marcelo Aguiar, o vice-prefeito eleito Sergio da Gameleira, os vereadores Deyvidson Orrico e vereador Pé Roxo além de alguns membros do partido que estavam na platéia. A coletiva teve como finanlidade principal esclarecer alguns fatos que tomaram conta dos noticiários da cidade com referencia a recusa do profº Roberto Gondim para o cargo de secretário municipal de educação culminando com sua saída do partido, as criticas que foram feitas pelo vereador José Wanderley Nery que também se mostra insatisfeito com as decisões tomadas principalmente na indicação da profª Rita Barreto para assumir a secretaria municipal de educação. Houve explicações tanto por parte do presidente do partido Marcelo Aguiar como pelo vice-prefeito Sergio da Gameleira e pelos vereadores Deyvidson Orrico e Pé Roxo. Duvidas foram tiradas e esclarecidas acreditando-se que haverá bombeiros em ação para apagar o fogo da discórdia que esta dentro do PT de Jequié.

MESAVice-prefeito Sergio da Gameleira deu algumas explicações. (Foto Agência AM)IMPRENSAMembros da imprensa de Jequié presentes da coletiva do PT. (Foto Agência AM)


Câmara de Vereadores rejeita titulo de cidadão para deputado federal Antonio Brito.

26 de dezembro de 2012

aaaRoberto Jefferson caçado no mensalão com o deputado federal Antonio Brito. (Foto Agência AM)

Na última sessão ordinária da Câmara Municipal de Jequié na quarta-feira (26.12.) e última do ano legislativo de 2012. Um projeto de Lei encaminhado pelo vereador Joaquim Caíres dando o titulo de cidadão Jequieense ao deputado federal Antonio Brito, foi rejeitado por 6 votos a 5 o que quer dizer que o titulo não será dado, o deputado continua sendo cidadão soteropolitano ou seja de Salvador. Aos poucos o povo de Jequié vai afastando o deputado de suas lides já que ele tem falhado tanto com o povo como com os políticos nos bastidores da câmara as conversas eram de que ele só pensou no cunhado na última eleição deixando de ajudar quem teria lhe ajudado obter 10 mil votos. Esta explicado então…


Profº Roberto Gondim pede desfiliação do PT.

26 de dezembro de 2012

Solicito ao Partido dos Trabalhadores de Jequié tornar pública esta solicitação, para todos os seus filiados. Sei que esta solicitação derivara várias interpretações, algumas mesquinhas, estas eu descarto, mas sem a pretensão de ser herói, alguns precisam assumir o papel de demonstrar em gestos e atitudes que ainda existem pessoas que não abre mão de seus princípios, que conservam seus valores e que não se deixam seduzir pelo poder.

 Atenciosamente

Ao Partido dos Trabalhadores – Jequié-BA

Venho pela presente, encaminhar solicitação de desfiliação do Partido dos Trabalhadores em caráter irrevogável e irretratável.

Acompanhei esse Partido por 12 anos de sua existência, travei trincheiras dentro da UESB, participei de alguns processos de eleição direta, tendo composto os seus quadros na condição de membro do seu Diretório Municipal e por duas vezes de sua Executiva, uma das vezes na condição de vice-presidente, colaborei na gestão Estadual dirigindo a DIREC 13 por duradouros quatro anos e meio, humildemente ajudei a pensar um projeto político que desse visibilidade ao Partido, trabalhando nas campanhas eleitorais, seja nas majoritárias ou proporcionais.

Destaco que, apesar das enormes contribuições, os últimos acontecimentos, que me eximirei de comentários, me impulsionam a tomar uma decisão drástica em minha atuação política, qual seja: deixar o partido dos trabalhadores. Os resultados deste acúmulo político e teórico precisa apontar sobretudo a esperança de um outro modelo de gestão política, o que é salutar, porque é da autodeterminação, auto-organização e responsabilidade de nossos agentes políticos que também depende a qualidade de vida de nosso povo.

Sinceramente, gostaria de estar redondamente errado e amanhã todos do partido pudessem zombar de minha atitude!!! juro que ficaria muito feliz, porém, o horizonte que se avizinha é muito sombrio e como na minhas veias ainda corre sangue vermelho, felizmente ainda não fui mordido pela mosca azul, seguirei o meu caminho, acompanhado de um conselho de Padre Zezinho, que minha amada mãe me ensinou desde cedo: “Não vou brincar de não ter sonhos se eu os tenho Sou da montanha e na montanha eu vou ficar Igual meus pais vou construir também meu ninho Mas não sou águia se lá em cima eu não morar. Tenho uma prece que eu repito suplicante Por mim, por meu irmão Dá-me esta graça de viver a todo instante A minha vocação Eu quero amar um outro alguém do jeito certo Não vou trair meus ideais pra ser feliz Não vou descer nem jogar fora o meu projeto Vou ser quem sou e sendo assim serei feliz.”

Jequié, 26/12/2012

Roberto Gondim Pires


PT reunido decidir por novo nome para secretário de educação.

26 de dezembro de 2012

000_0169Vereador Wanderley não ficou contente com o PT. (Foto Agência AM).

A coisa esta pegando fogo no âmbito político em Jequié neste final de ano, uma segunda reunião de membros do PT entre sexta-feira (21.12.) e quarta-feira (26.12.). Definiu pelo nome do secretário municipal de educação de Jequié na próxima administração será da professora Rita Barreto que faz parte do partido e esta preparada para exerce o cargo. Este blog teve a informação do vice-prefeito Sergio da Gameleira que participou da reunião que definiu por esta escolha na manhã de quarta-feira. Tão logo foi anunciada a escolha o vereador José Wanderley Nery manteve contato com este blog informando que: “esta escolha não é unanimidade do PT, não concordamos com a forma que foi imposta pelo vice-prefeito Sergio da Gameleira e pelo vereador Deyvidson Orrico”-afirmou o vereador. Ele disse ainda que: “não tenho nada contra a pessoa da professora Rita Barreto, mais não aceito como as coisas foram conduzidas, apresentamos o nome do competente professor e companheiro Antonio Marcelo, mais foi logo rejeitado pelo vice-prefeito”- afirmou o vereador José Wanderley Nery.