Posse em Maracás movimentou população.

2 de janeiro de 2013

000_0089Prefeito Paulo dos Anjos prefeito de Maracás diplomado e empossado. (Foto Agência AM).

000_0092Vice-prefeito de Maracás Antonio Fernandes. (Foto Agência AM).

A população do município de Maracás esteve presente nas solenidades de posse do prefeito Paulo dos Anjos, vice-prefeito Antonio Fernandes e dos 13 vereadores. Na manhã do dia 1º de janeiro o primeiro evento na Câmara Municipal com a posse dos vereadores e eleição dos componentes da mesa diretora, sendo escolhido o vereador Edmundo Novaes-Dico para presidente no biênio 2013/2014. Á tarde foi celebrada em uma das igrejas evangélica da cidade um culto ecumênico, e depois uma celebração na igreja matriz. Á noite houve transmissão do cargo quando o prefeito Nelson Portela entregou as chaves da Prefeitura ao prefeito Paulo dos Anjos, que anunciou os novos secretários.

Anúncios

Posse do prefeito, vice-prefeita e vereadores em Itiruçu.

1 de janeiro de 2013

Na manhã de terça-feira (01.01.) foi realizada a sessão de posse do prefeito eleito Wagner Novaes, da vice-prefeita Drª Rita de Cássia Souza Brandão e Noves e dos 9 vereadores do município de Itiruçu. As 9 horas foi celebrada missa na igreja matriz celebrada pelo padre Dermival em seguida a solenidade no Ginásio de Esportes que recebeu um grande público. Aberta a sessão da Câmara Municipal de Itiruçu foi anunciado duas chapas que estariam concorrendo para os cargos da mesa diretora, realizada a eleição o vereador Erisvaldo Teixeira de Novaes mais conhecido como Val Caetano foi eleito presidente para o biênio 2013/2014 tendo como vice-presidente o vereador Robson Mauro Ribeiro, 1º secretário Josevi Umburanas Santos e 2º secretário Paulo Ezio Silva das Mercês. Assumindo a presidência do legislativo foi dada posse ao prefeito e vice-prefeita seguindo-se vários oradores que prestaram homenagens ao prefeito empossado Wagner Novaes a exemplo do garoto Lucas da Guarda Santos de Souza de apenas 12 anos e do jovem Kaique Rocha de 18 anos que conclamou o prefeito para dar uma atenção especial à juventude de Itiruçu. Outros oradores fizeram uso da palavra por fim o prefeito eleito Wagner Novaes que retorna ao cargo de prefeito de Itiruçu pela terceira vez depois de 16 anos. Ele disse que a missão é difícil mais espera contar com apoios importantes para superar todas as dificuldades, ressaltou o apoio do ex-prefeito Ailton Cesarino falando da amizade dos dois que esteve por caminhos diferentes mais que agora estavam juntos novamen

000_0040Vice-prefeita Rita de Cassia Prefeito Wagner Novaes.(Foto Agência AM)000_0044Vereadores do municipio de Itiruçu. (Foto Agência AM)


FIM DE ANO: Prefeito de Itiruçu Carlinhos Agrovet errou muito.

30 de dezembro de 2012

Quando se esperava que o empresário Carlos Roberto Martinelli-Carlinhos Agrovet fosse promover uma renovação na politica do município de Itiruçu. O que aconteceu principalmente neste último ano do seu governo foram desmandos e falta de competência em gerir bem os recursos públicos. Uma das medidas tomadas sobre uma falta de orientação dos seus assessores foi cortar os recursos para divulgação das ações do governo municipal restringindo a uma emissora de radio comunitária de Itiruçu deixando de divulgar na região como chegou acontecer no primeiro ano de governo quando tudo ainda estava bem. Vieram então outros problemas na administração que começaram a desagradar a população de Itiruçu resultando na derrota eleitoral em 7 de outubro de 2012. Que sirva de lição para Carlinhos Agrovet se é que ele ainda pensa em continuar na politica.


FIM DE ANO: Paulo dos Anjos promove mudanças em Maracás.

30 de dezembro de 2012

Com a posse do prefeito eleito do município de Maracás, Paulo dos Anjos marcada para dia 1º de janeiro as 16 horas na Câmara Municipal. Logo após a solenidade deverá ser anunciado o novo secretariado que tem algumas mudanças do atual prefeito Nelson Portela, duas das principais secretárias sofrerão alterações: educação e saúde, mais uma ótima noticia são as permanências dos secretários Neo que apenas muda de pasta sai do gabinete e vai para secretaria de infraestrutura e D. Vilma que vai continuar secretaria de finanças pelo excelente trabalho que tem desenvolvido nestes últimos 16 anos.


ILHÉUS: TURISMO COM “PREÇOS FACTÍVEIS”

20 de dezembro de 2012

Unknown

Futuro Secretário de Turismo de Ilhéus Alcides Kruschewsky. (Foto Produção)

O turista que chega a Ilhéus e já frequentou outros destinos até de maior porte e com outros atrativos sempre reclama dos valores cobrados na terra de Jorge Amado e de Gabriela. O futuro secretário de Turismo de Ilhéus, Alcides Kruschewsky, reconhece o problema: – O destino Ilhéus precisa se adequar a preços factíveis – disse, verbalizando um sentimento não só de turistas, mas dos próprios ilheenses. Alcides foi escolhido para a pasta no quarto mandato de Jabes Ribeiro como prefeito do município sul-baiano. Ele tem dentre os planos a urbanização da parte inconclusa da orla sul, principalmente num dos trechos mais frequentados à noite, a região que vai de Nova Brasília ao Hotel Opaba. Outro ponto destacado por ele é a construção do pavilhão de feiras do Centro de Convenções de Ilhéus. A obra será executada pelo governo baiano e custará, aproximadamente, R$ 1 milhão. Alcides também afirma, via redes sociais, que está na hora do trade fazer o dever de casa, não


37ª Zona Eleitoral diploma prefeitos, vices-prefeitos e vereadores eleitos.

19 de dezembro de 2012

Cumprindo rigorosamente o horário estabelecido de 9 horas de quarta-feira (19.12.) no Auditório Municipal de Maracás o juiz eleitoral Dr. Alisson Camilo Floriano da Silva acompanhado do chefe do cartório eleitoral Sr. Benjamin Batista de Macedo Neto deu inicio a solenidade de diplomação dos prefeitos, vices-prefeitos e vereadores eleitos dos municípios de Maracás, Itiruçu, Planaltino, Lajedo do Tabocal e Lafaiete Coutinho. Alguns dos eleitos ainda não tinham chegado ao recinto e um pequeno público que ocupava algumas cadeiras do auditório ouviu o juiz ler um texto de Eça de Queiroz. Vejam fotos da solenidade.

000_0199Público chegou atrasado e lotou o Auditorio Municipal de Maracás. (Foto Agência AM).

000_0235Licinho (Lajedo), Wagner Novaes (Itiruçu), Zé Cocá (Lafaiete Coutinho), José Carlos (Planaltino) e Paulo dos Anjos (Maracás). (Foto Agência AM).


NOTA PÚBLICA

17 de dezembro de 2012

FETRAV – Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Beneficiamento de Couro, Fabricação de Calçados e Vestuário do Estado da Bahia.

 A Fetrav vem a público, para se solidarizar com todos os trabalhadores e trabalhadoras, demitidos pela empresa Vulcabrás/Azaléia, localizada na cidade de Itapetinga, reafirmando categoricamente o seu compromisso, tanto com estes operários quanto com o Sindicato de Verdade, que os representa brilhantemente, na busca por uma solução para este grave problema que os aflige de forma tão intensa. O Sindicato dos Trabalhadores de Calçados de Itapetinga e região (Sindverdade),  comunicou à FETRAV/CUT, e a mesma informou imediatamente a CUT (Central Única dos Trabalhadores,) na pessoa do seu presidente, o companheiro Cedro Silva e a CNTV (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário), que tem como presidente a companheira Cida Trajano,  de que a Vulcabrás/Azaléia anunciou o fechamento de todas as filiais da região de Itapetinga, abrangendo um total de 12 (doze) unidades e que esta decisão foi formalizada no dia 30 de novembro passado, sendo que a medida atingiu cerca de 4.000 (quatro mil)postos de trabalho. O sindicato laboral acionou a CUT-Bahia e os representantes do governo do Estado, sobre a decisão do grupo. O resultado foi o agendamento de uma primeira reunião de mediação, com representantes da Empresa, do Sindicato, da FETRAV, da CUT e do GOVERNO DO ESTADO, que se realizou no dia 3 de dezembro, às 14h, na sede do Ministério do Trabalho e Emprego (superintendência) na cidade de Salvador, onde discutimos saídas para o caso. A Vulcabrás/Azaléia afirmou peremptoriamente, que era irreversível a decisão tomada e não haveria nenhuma hipótese de a mesma se estabelecer futuramente nas cidades atingidas. Ainda Sabemos que a indústria de fabricação de calçados do Brasil, passa por um momento difícil, entretanto este setor tem recebido sistematicamente apoio governamental para minimizar os efeitos da crise, a exemplo do PLANO BRASIL MAIOR que desonerou em 20% (vinte por cento), a folha de pagamento das empresas do setor e da viabilização de empréstimos, junto a bancos como o BNDES, para financiamentos de seus investimentos e ampliou para 35% (trinta e cinco por cento) o imposto de importação, para calçados vindos da China e outros países. Infelizmente, a empresa Vulcabrás/Azaléia instalada em nosso Estado, é a única responsável pelo fechamento das unidades citadas acima, visto que nós trabalhadores e governo,  temos feito de tudo para evitar o dito fechamento dos empreendimentos. Mas como diria Karl Marx, não é a consciência do homem que lhe determina o ser, mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência. Estabelecida esta calamitosa situação em que se encontram os trabalhadores, precisamos rediscutir a forma de industrialização do nosso estado. Quanto custa aos cofres públicos a atração dessas indústrias? Quantos galpões foram construídos e agora estarão abandonados? Quantos pais e mães de família estarão desempregados? Quantos jovens tiveram os seus sonhos destruídos pela forma como a empresa decidiu sair? Todas estas questões precisam ser respondidas de forma, que tenhamos uma próxima chance e que esta, seja para que possamos realmente desenvolver as nossas cidades do interior de forma sustentável e não ficarmos reféns dos fluxos e refluxos do capital, permitindo que trabalhadores sejam explorados e que as empresas não tenham nenhum compromisso social de permanência, o que pode acontecer com qualquer outra e em qualquer hora. Quem será a próxima? Como diz o velho bordão dos radialistas, não custa nada perguntar.

 

Carlos André dos Santos

PRESIDENTE DA FETRAV/BAHIA.