A SEMANA.

25 de novembro de 2012

 Chegamos à última semana do mês de novembro o 11º mês do ano de 2012, acabou, acabou mesmo o ano. E já fazemos aquele balanço do que foi o ano para cada um de nós, conversando com verdadeiros amigos aqueles que estão sempre juntos de você mesmo nos piores momentos. Posso adiantar de que 2012 não foi um ano muito bom, e quando digo isso tenho motivos de sobra, quando a gente perde uma pessoa querida um familiar é motivo de muita tristeza. No dia 8 de julho tive a triste noticia da morte da querida irmã Tereza, não esperava por esta noticia porque ela mais nova do que eu, estava bem de saúde derrepente numa cirurgia simples ela morreu. E perdemos amigos próximos pessoas que estava ligada a nossa vida, por isso digo que 2012 não tem sido um ano muito bom. E fico mais triste ainda ao ver chegar o final do ano vendo a minha querida Jequié que tanto amo passando por muitas dificuldades: desempregos, transito, segurança pública, setor de saúde, setor da educação, falta de laser para os jovens e a turma da terceira idade como eu. Com certeza não vai acontecer mais nada nestes últimos dias do ano a Praça Duque de Caxias onde fica a Prefeitura Municipal de Jequié se transformou em “praça dos protestos” funcionários, empreiteiros, terceirizados, prestadores de serviços reclamando a falta de pagamentos chegando até quatro meses, imaginem vocês a pessoa trabalhar e ficar sem receber todo este tempo, como estão pagando as suas contas, comprando o alimento enfim as despesas. Uma situação  ruim para todos que atinge a economia do município principalmente o comercio, se não bastasse as dispensas que já aconteceram nas obras da ferrovia, prefeitura e outros setores, realmente um fim de ano não muito bom em Jequié. A população acreditando que a partir de 1º de janeiro de 2013 alguma coisa deve melhorar em Jequié queremos crer que realmente aconteça, não é possível ser pior do que o ano que esta acabando. A mesma coisa eu dizia a quatro anos atrás, quando o prefeito Reinaldo Pinheiro deixava o cargo ele que não fez um governo bom, ficava a esperança que o seu sucessor Luiz Amaral fizesse um governo melhor. Não aconteceu e hoje todos estão lamentando a situação em que se encontra o município de Jequié, vamos aguardar que alguma coisa boa venha acontecer. Tenham uma ótima semana e muita saúde…

Anúncios

Presidente da UPB pede apoio a Assembleia Legislativa da Bahia

25 de novembro de 2012

Presidente UPB Luiz Caetano com o presidente da ALB deputado Marcelo Nilo. (Foto Divulgação)

O presidente da UPB, prefeito de Camaçari, Luiz Caetano em audiência com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo no último dia 20 de novembro, entregou um ofício onde pede o apoio dos deputados para conseguir do governo federal cota extra do FPM. Um ofício da UPB foi dirigido à presidenta Dilma Rousseff pedindo reposição das perdas da receita municipal. O expediente também foi encaminhado ao Ministério da Fazenda por meio de ofício à Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República. O presidente da Assembleia, deputado Marcelo Nilo, acha justo o pedido e enviou o documento a todos os parlamentares baianos para reforçar o pedido a presidenta Dilma. Segundo Caetano, as perdas do Fundo de Participação dos Municípios já somam mais de R$132,6 milhões aos municípios baianos, ocasionadas pelas isenções do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a indústria automobilística e benefícios fiscais para os produtos da linha branca. Em razão dessa desoneração dos impostos, os municípios brasileiros, em especial os da Bahia, que são na sua maioria de pequeno e médio porte, estão enfrentando graves problemas considerando que foram prejudicados em sua principal fonte de renda, o FPM. “Sem recomposição dos recursos, será impossível dar continuidade às atividades desenvolvidas pela prefeitura e solucionar o déficit atual”, informa Caetano. André DamascenoAscom – UPBJornalista D.R.T. 2532 BA


25 de novembro: Dia das Baianas.

25 de novembro de 2012

As baianas em traje caracteristico recebem homenagens no seu dia. (Foto Produção)