Governador afirma que acarajé será vendido na Copa.

Governador Jaques Wagner na entrevista coletiva a imprensa. (Foto Lucas Franco)

Ao final da coletiva de imprensa sobre a instalação da fábrica da JAC Motors em Camaçari, realizada na quinta-feira (04.10.) na governadoria, Jaques Wagner desafiou os jornalistas. “Alguém quer falar de acarajé aí?”. Assim como o secretário estadual para Assuntos da Copa (Secopa-BA), Ney Campello, e o secretário estadual de Promoção da Igualdade Racial, Elias Sampaio, o governador da Bahia se disse disposto a dar seus pitacos sobre a matéria do jornal A Tarde que apontou que durante a Copa do Mundo os acarajés não poderiam ser vendidos em um raio de 2 km da Arena Fonte Nova para não concorrer com os hambúrgueres da rede McDonald’s, patrocinadora oficial da Fifa. “É óbvio que um empreendimento como esse quer garantir aos que pagaram a fatura, que tem seus patrocinadores, de que no entorno ali você não pode ter uma venda de concorrente”, disse o governador, que não enxerga problema na disputa entre Big Mac e acarajé. “Não me consta que existe alguma fábrica de algo semelhante ao acarajé que vai ser patrocinador da Copa do Mundo. Quem concorre com acarajé?”, questionou. Segundo o governador, a entidade que rege o futebol mundial deverá se pronunciar em breve. “A Fifa deve estar emitindo uma nota de que não há nenhuma proibição da venda de acarajé”, garante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: