Rodovias: Paralizações em vários trechos.

A greve dos caminhoneiros ainda interditava faixas das rodovias federais em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul às 12h desta terça-feira (31.07.). Em São Paulo, os bloqueios causavam lentidão na pista sentido Rio de Janeiro da rodovia Presidente Dutra, no km 24, em Lavrinhas (a 233 km de São Paulo). No Rio de Janeiro, os manifestantes também fazem cinco interdições na via Dutra. No sentido São Paulo da rodovia, havia retenção do km 227 ao 228, na serra das Araras; e do km 264 ao km 276, em Barra Mansa. Alguns caminhoneiros ameaçam agredir os colegas que não querem aderir a greve. Na pista sentido Rio, a interdição mais crítica ocorria do km 288 ao km 273, na região de Barra Mansa. Também havia bloqueio próximo da cidade de Resende, com lentidão entre o km 306 e o km 302; e em Porto Real, entre o km 291 e o km 290. Já no Espírito Santo havia bloqueios parciais em ambos os sentidos da rodovia BR-262, km 9, em Viana. Na BR-101, caminhoneiros se concentravam em Iconha, no km 374; e em Linhares, no km 158. A rodovia foi completamente interditada, nos dois sentidos, na altura de Cariacica, no km 284. No Paraná, o protesto afetava seis rodovias em diversos pontos diferentes onde os manifestantes impediam a passagem de caminhões. Na BR-277 havia bloqueios em Medianeira, no km 670 e em Guarapuava, no km 339. Já na BR-163, os pontos de protesto estavam na região de Barracão, no km 7; em Pranchita, no km 42; em Pérola D’Oeste, no km 64; e em Capanema, no km 86. Também havia registro de interdição na BR-376, em Apucarana, no km 231, e em Mauá Serra, no km 323. Outros pontos onde aconteciam protestos eram: na BR-467, em Toledo, no km 78; na BR-158 em Peabiru, no km 207; na BR-487, em Campo Mourão, no km 196. Em Santa Catarina, os grevistas interditam ao menos três rodovias federais. Eles permitem a passagem apenas de carros, ônibus, ambulâncias e veículos com cargas perecíveis. O tráfego estava parcialmente interditado na BR-282 nas cidades de Maravilha, no km 605; em Catanduvas, no km 406; e em São Miguel do Oeste, no km 645. Na rodovia BR-158 o bloqueio ocorre 376, em Cunha Porã, no km 110; na BR-163 há uma interdição em Dionísio Cerqueira, no km 121. No Rio Grande do Sul, havia interdição de faixas nos dois sentidos da rodovia BR-101 –principal rodovia de saída do Estado. Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o problema estava localizado no km 22, em Três Cachoeiras, onde havia 10 km de congestionamento em cada sentido. Cerca de 500 caminhões estavam estacionados na via, e os manifestantes tentavam obrigar outros caminhoneiros a pararem e participarem do bloqueio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: